temploculturaldelfos
Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.
Clarice Lispector, no livro “A descoberta do mundo”. Rio de Janeiro: Rocco, 1999  (via temploculturaldelfos) E O  GUE  SINTO TODOS OS DIAS DESDE GUANDO ACORDO ATE GUANDO ME DEITO SEMPRE E SEMPRE!!!
temploculturaldelfos

Seiscentos e sessenta e seis

temploculturaldelfos:

A vida é uns deveres que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são 6 horas: há tempo…
Quando se vê, já é 6ªfeira…
Quando se vê, passaram 60 anos…
Agora, é tarde demais para ser reprovado…
E se me dessem - um dia - uma outra oportunidade,
eu nem olhava o relógio.
seguia sempre, sempre em frente…

E iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas.

Mario Quintana, no livro “Esconderijos do tempo”, 1980